Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Ieda Almeida

  • Sexta-Feira, 19/10/2018

    Como ser sábio

    Aquele que conhece os outros é sábio.
    Aquele que conhece a si mesmo é iluminado.
    Aquele que vence os outros é forte.
    Aquele que vence a si mesmo é poderoso.
    Aquele que conhece a alegria é rico.
    Aquele que conserva o seu caminho tem vontade.

     

    Seja humilde e permanecerás íntegro.
    Curva-te, e permanecerás ereto.
    Esvazia-te, e permanecerás repleto.
    Gasta-te, e permanecerás novo.

     

    O sábio não se exibe, e por isso brilha.
    O sábio ouve muito, mas fala pouco.
    E quando fala, edifica as pessoas.
    O sábio não se faz notar, e por isso é notado.
    O sábio não se elogia, e por isso tem mérito.
    E, porque não está competindo, ninguém no mundo pode competir com ele.

     

    *rivalcir.com.br

  • Quinta-Feira, 18/10/2018

    Dia do Médico

    Hoje, é dia do médico, um profissional especial, preparado para trazer vidas à luz e cuidar delas, para que tenham uma existência sadia.

     

    Um ser abençoado, de grande conhecimento e capacidade.

     

    Pessoa importante, que merece homenagens não só no seu dia, mas em todos os dias do ano.

     

    Com carinho, atenção e amizade, faz dos seus pacientes indivíduos felizes.

     

    Que os raios da luz divina iluminem todos os médicos do mundo inteiro.

     

    Tenha certeza de que a natureza se alegra de você pelo amor que doa, o sorriso e o olhar fraterno que salva vidas.

     

    Parabéns!

  • Quarta-Feira, 17/10/2018

    Não se sinta mal por ser verdadeiro

    Não se sinta mal por dizer o que pensa, por mostrar-se insatisfeito, decepcionado, por ser quem você de fato é, por falar não. Não se sinta mal por ter que se ausentar, por ter que se afastar, por ter que partir para outra, por se resguardar de tudo o que machuca e fere.


    Uma das regras básicas da convivência é a tolerância e o respeito para com o outro, o entendimento de que nem todos pensarão como nós ou concordarão com tudo o que dissermos ou fizermos. Evitar discussões e conflitos nos ajuda a manter o equilíbrio necessário para vivermos em paz, porém, isso não significa, de forma alguma, que deveremos sempre nos calar e guardar aquilo que pensamos, ou adoeceremos em pouco tempo.

     

    De certa forma, os conflitos são necessários em todo tipo de relacionamento, uma vez que eles aparam as arestas espinhosas, tornando o convívio mais transparente e certeiro. Tudo aquilo que engolirmos com contrariedade, externando um sentimento que não corresponde ao que de fato pensamos, ficará acumulado aqui dentro, fazendo mal, incomodando.

     

    Com isso, uma hora ou outra isso tudo terá que sair e da pior forma possível. Uma das maneiras de evitarmos esses estouros que acabam nos levando a falar mais do que deveríamos, a atingir quem não merecia, a tomarmos atitudes inadequadas, em lugares impróprios, é manter a firmeza durante todos os dias, agindo de maneira mais fidedigna possível ao que temos dentro de nós. Nem sempre será possível, nem sempre conseguiremos, mas é preciso tentar.

     

    Não se sinta mal por dizer o que pensa, por mostrar-se insatisfeito, decepcionado, por falar o que lhe desagrada e precisa ser mudado. Não se sinta mal por amar com intensidade, por ser quem você de fato é, por mostrar contrariedade, por falar não. Não se sinta mal por ter que se ausentar, por ter que se afastar, por ter que partir para outra. Não se sinta mal por se resguardar de tudo o que machuca e fere.

     

    O mundo está demasiadamente atrelado às aparências e à futilidade nas posses e nos interesses que balizam as relações entre as pessoas, ou seja, o diferencial humano, que nos resguardará do esvaziamento de nossa essência, sempre será a verdade que carregamos, a transparência de nossas ações. Jamais perderemos sendo verdadeiros, pois é assim que manteremos junto quem nos ama sem frescura, sem senão.


    *Prof. Marcel Camargo

  • Terça-Feira, 16/10/2018

    O tempo é igual para todos, as prioridades é que mudam

    Escolhemos, inclusive, não escolher. Com as pessoas também é assim; elas escolhem o que retribuir e, consequentemente, o que ignorar. O que manter. O que deixar. Em algum momento, percebemos que embora a correria diária exija de nós certas habilidades, inclusive a de desempenhar várias tarefas em curtos períodos, ainda é possível chegar em casa a tempo e cumprir o ritual que serve como um alento para nossa alma.

     

    Tomar um banho relaxante, apreciar um jantar saboroso, assistir a um filme, dar uma olhada nas últimas notícias e responder as mensagens que ficaram pendentes. É assim que costuma ser.

     

    Por mais que o tempo seja escasso e nos roube o humor em certas ocasiões, nada nos impede de dar atenção às pessoas que nos cercam e têm relevância em nossa vida. Fazemos isso o tempo todo, seja numa ligação longa, quando há uma brecha disponível ou só para dizer um olá, no intervalo da realização de um trabalho cotidiano. Quem está do outro lado, agradece o gesto de consideração e afeto, sabe que o cuidado importa. Aquele que costuma dar mil desculpas para não responder uma mensagem e nem se preocupa em explicar nada, não quer ser incomodado.

     

    Portanto, a ausência nesse caso, não é falta de tempo, é desinteresse. Essa pessoa, simplesmente, não quer falar com você. Prioridades são escolhas, o tempo inteiro somos levados a fazê-las. Todos os dias escolhemos rotas, atalhos, isso e aquilo etc.

     

    Escolhemos, inclusive, não escolher. Com as pessoas também é assim; elas escolhem o que retribuir e, consequentemente, o que ignorar. O que manter. O que deixar.

     

    Se alguém silencia diante das suas aproximações, não insista. É preciso compreender e respeitar o espaço alheio.

     

    Mesmo que você o considere amigo de longa data, talvez as coisas tenham mudado na visão dele e isso não deve ser encarado como um desastre. Entenda os sinais! Quem faz questão da sua presença vai sempre dar um jeito de esticar o tempo, de prolongar a visita. Afinal, o tempo é igual para todos, as prioridades é que mudam.

  • Sexta-Feira, 12/10/2018

    Seu filho seguirá seu exemplo, não seu conselho

    O papel dos pais é um dos mais complicados que vamos aprender ao longo da vida, posto que ter um filho implica, entre muitas outras coisas, uma felicidade extrema e um esforço constante para sua educação e seu crescimento como pessoa.

     

    COMO PAI OU MÃE SUA FIGURA SERÁ PROVAVELMENTE O MAIOR EXEMPLO, O MAIOR PONTO DE REFERÊNCIA, QUE SEU FILHO IRÁ TER NA VIDA

     

    A maioria das crianças ouvem o que dizem a elas, algumas inclusive fazem o que é dito, mas todas as crianças fazem o que os adultos fazem.

     

    De fato, você aprende que, conforme cresce, seu filho escolherá, conscientemente ou não, imitar suas condutas, e isso poderá até mesmo fazê-lo consciente de alguns comportamentos que não sabia que tinha mas que, em algum momento, são refletidos pelas crianças. Ser pai é ser exemplo até que seu filho possa ter consciência suficiente para moldar seus próprios padrões de vida.

     

    OS ANOS DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA SÃO DECISIVOS

     

    A infância e a adolescência trazem muitos desafios tanto para a vida da criança como para de seus pais. Isso se dá desse modo porque são etapas da vida em que uma pessoa começa a inserir-se em uma família, a conhecer costumes e culturas específicas e a forjar o que podem ser seus futuros valores e princípios.


    Por essas razões, a disciplina e a genética que seu filho possui são tão importantes. Afinal, a educação vem dos pais, dos amigos e mais adiante a criança irá aprender também com o ambiente de seu colégios, seus professores, etc. O que seu filho valorizará nos círculos sociais é o que puder ver e o que puder aprender a partir dos exemplos observados.


    OS CONSELHOS DEVEM SER SEMPRE CONDIZENTES COM OS ATOS

     

    As crianças prestam atenção em tudo, e tudo o que disser a elas deve ser acompanhado de um ato representativo: então, como pai, se você aconselha seu filho sobre qualquer aspecto e faz o contrário, provavelmente a criança dará mais atenção ao que fez do que ao que disse. Muitas serão as ocasiões nas quais seu filho irá recriminá-lo pois você não age conforme sua lição, o que lhe ajudará também a se dar conta de suas fragilidades e defeitos.


    Deste modo, a coerência é a base de qualquer coisa que deseja ensinar a seu filho: se ele acha que o que escuta e o que vê é coerente, provavelmente começará a lapidar sua personalidade e sua psique a partir daí para o futuro. Seu filho o admira e o vê como seu próprio espelho, onde pode observar seu reflexo quando fica em dúvida sobre algo; aí está o desafio e o esforço de ser pai.


    ALGUMAS DICAS PARA EDUCAR SEU FILHO POR MEIO DO EXEMPLO

     

    Já falamos que a educação de um filho é uma tarefa muito complexa, muito mais se você pensa que estará sempre no foco de atenção e que qualquer coisa que realizar servirá de exemplo. Grande parte do que seu filho poderá aprender virá do que ensina a ele, por isso estas dicas podem ser úteis para guiá-lo no processo educacional. Em primeiro lugar, a dica é aproveitar o dia a dia: as regras para comer à mesa, os horários e deveres do colégio, etc., podem servir para reforçar hábitos responsáveis na conduta de seu filho.


    A comunicação é outro dos pilares da relação pais e filhos que pode ser exemplo diário: qualquer gesto, expressão ou palavra lhe ajudará a conhecer melhor a seu filho e vice versa. Outro ponto importante são as normas: devem ser claras e estar acompanhadas de explicações coerentes. É bom que seu filho entenda que às vezes uma coisa é o que ele quer, e outra o que tem que seguir para ser educado. Uma das coisas que podem ocorrer quando ensina seu filho por meio de exemplo e não só por conselhos é que você se engane. Não esqueça, no entanto, que todo mundo se engana e que você também tem direito a isso: seu filho tem que saber que há espaço para erros na vida.


    Se reconhecermos nossos erros e mostramos a eles o lado positivo que é aprender com as falhas, eles entenderão que são dessas situações que saem experiências de vida. Muitas vezes parece complicado, mas é a sinceridade que conta e sempre poderemos pedir perdão.


    *A mente é Maravilhosa, por Bem Mais Mulher

Pesquisar artigos anteriores

Você costuma procurar emergência hospitalar quando tem problema de saúde repentino?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas