Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Segunda-Feira, 19/02/2018

    Prefeitura fará mutirão nessa semana pra cadastro de famílias da grande Vera Cruz

    O prazo para o cadastro das famílias da grande Vera Cruz ao programa Cartão Reforma, do governo Federal, está chegando ao fim. As inscrições vão até o dia 28 de fevereiro. Até a semana passada apenas 55 haviam se candidatado. Por isso, a Secretaria municipal de Habitação vai fazer um mutirão. Durante toda essa semana, além da sede da secretaria, as inscrições serão realizadas na Escola Daniel Dipp e no CRAS II, na Hípica. A informação foi dada pelo secretário Paulo Caletti durante o Repórter do Povo e a Municipalidade de sábado (17). Ao todo, 200 famílias, que cumprirem todos os critérios do programa, serão selecionadas para receber entre R$ 2 mil a R$ 9 mil. O recurso é para a compra de materiais de construção para reformas nas residências. Para se inscrever é preciso ter cadastro no CADÚnico, ter renda familiar de até R$ 2.811, ser maior de 18 anos ou emancipado, ser o dono do imóvel a ser beneficiado e morar nele e não possuir outro imóvel. Quem não possuir escritura do imóvel, pode apresentar outro documento que comprove o vínculo. É preciso ainda fornecer a mão de obra até o final da execução do serviço. Caletti explicou que as famílias serão escolhidas pelo Ministério das Cidades, à secretaria cabe confirmar os dados prestados pelo candidato, que no ato da inscrição deve informar quais são as reformas que pretende fazer no imóvel, o valor liberado será conforme o tipo de serviço. Entre os mais comuns reforma ou construção de banheiro e de quarto, troca de telhado, instalações de água e esgoto, reboco ou pintura e obras de acessibilidade. A Secretaria de Habitação fica localizada na Avenida Brasil Leste, 1504, sala B, em frente ao Cais Petrópolis.

  • Sábado, 17/02/2018

    Definido planejamento das primeiras fases da obra da Avenida Brasil

    A principal avenida da cidade, a Avenida Brasil, receberá uma grande revitalização em 2018, com o objetivo de recuperar e modernizar a infraestrutura de cerca de 5,5 quilômetros entre o trevo da BR 285 até a rua 20 de Setembro. Após a assinatura do contrato com a empresa Bolognesi Infraestrutura Ltda, de Porto Alegre, a Prefeitura de Passo Fundo definiu o planejamento das primeiras fases da obra.
    Com previsão de conclusão em dois anos, a equipe técnica da administração municipal, que acompanha desde o início os trâmites, já tem o cronograma de como serão as primeiras três fases da obra, que devem ser executadas no primeiro ano de serviços.  “Neste primeiro ano a obra abrangerá o trecho da avenida que vai da BR 285 até a rua Jacinto Vilanova. Este período está dividido em fases e etapas para causar menos transtorno à população”, destaca o engenheiro e secretário adjunto de Obras, Gustavo Heurich. A medida que obra for avançando, cada etapa prevista será entregue pronta e liberada em definitivo para o trânsito de veículos.

    Obras da Avenida Brasil – 1ª fase | Avenida Rui Barbosa – BR 285
    A 1ª fase abrange o trecho que vai da Avenida Rui Barbosa até a BR 285. O início será em frente ao Stock Center, em direção ao trevo. Nesta fase, os trechos da Avenida Brasil serão fechados de maneira intercalada, com um lado de cada vez, ora no sentido bairro/centro, ora no sentido centro/bairro. A 1ª fase vai ser a mais demorada de toda a obra. “Estimamos que de 5 a 6 meses, pois há muito trabalho de reconstituição de pavimento, base e drenagem. O restante não exigirá tanto, com recuperações mais pontuais”, explica Gustavo.

    1ª etapa: Avenida Rui Barbosa até a Rua Dr. Verdi de Césaro.
    2ª etapa: Rua Dr. Verdi de Césaro até o trevo da BR 285.
    3ª etapa: trevo da BR 285 até a Rua Dr. Verdi de Césaro.
    4ª etapa: Rua Dr. Verdi de Césaro até a Avenida Rui Barbosa.

    Obras da Avenida Brasil – 2ª fase | Avenida Rui Barbosa – Rua Rodrigues Alves
    A 2ª fase abrange o trecho que vai da Avenida Rui Barbosa até a Rua Rodrigues Alves. Nesta fase, a cada duas ou três quadras a Avenida deverá ser fechada totalmente. Os fluxos de desvios serão pelas ruas Morom e Paissandú.

    Obras da Avenida Brasil – 3ª fase | Rua Rodrigues Alves – Jacinto Vilanova
    Fechando um ano de obra, de acordo com a previsão, a 3ª fase vai da Rua Rodrigues Alves até a Rua Jacinto Vilanova.

    A 4ª fase será planejada posteriormente. “Com este primeiro planejamento de um ano teremos mais parâmetros para planejar o seguinte, principalmente por ser na área central, onde há mais fluxo de trânsito”, afirma Gustavo.

    Desvios
    A cada etapa da obra serão divulgados para a população os desvios e orientações necessárias para diminuir os transtornos de locomoção.

    A obra
    As obras estão divididas em três projetos: o primeiro abrange pavimentação, ciclovia, drenagem, acessibilidade e sinalização; o segundo compreende ampliação e substituição da rede de esgoto; e o terceiro inclui melhorias na rede de infraestrutura elétrica.

     

    O investimento total será de R$ 17 milhões, incluindo recursos da Prefeitura de Passo Fundo, financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento  (PAC) e convênio com a Corsan.

    Na parte de pavimentação serão utilizados quatro métodos diferentes, de acordo com a situação atual do pavimento, diagnosticada nos levantamentos técnicos. Em alguns locais, por exemplo, será necessário substituir todo o pavimento, já em outros, apenas a camada de asfalto. Nos pontos de parada de ônibus será executado pavimento em concreto para evitar deformações excessivas. O caminhódromo e a ciclovia terão cerca de dois quilômetros de extensão, do trevo da BR 285 até a Rua Rodrigues Alves, no bairro Petrópolis. Já os passeios públicos serão adequados às normas de acessibilidade em todos os trechos. A rede de infraestrutura elétrica e lógica será implementada em toda a extensão da obra e servirá, futuramente, para receber por via subterrânea a iluminação dos canteiros centrais, a rede de fibra ótica para o sistema de videomonitoramento e a rede de lógica para implantação de sistemas de informatização das áreas públicas do município. Por último, a rede de drenagem será modernizada para evitar alagamentos.

  • Sexta-Feira, 16/02/2018

    Passo-fundense está mais cauteloso na hora de pedir empréstimo pessoal, avalia financeira

    Há dois anos, quando a crise econômica do país estava no seu auge, muitas pessoas em Passo Fundo buscavam empréstimos sem direcionamento, geralmente para resolver um problema imediato, como uma dívida, e acabavam se endividando ainda mais. Hoje o passo-fundense está mais cauteloso na hora do financiamento, evitando gastos desnecessários. A avaliação é do gerente financeiro da Sulcred, José Corrêa, que diante do cenário de crise incluiu o serviço de orientação em finanças antes da liberação dos empréstimos. Frisou que o empréstimo pode gerar um lucro e os clientes estão percebendo isso. O empréstimo consignado, por exemplo, tem um juro de 2,08% ao mês, bem mais baixo do que cobranças como de cheque especial e de cartão de crédito. Outra vantagem é a aplicação do dinheiro em algo que vai trazer mais retorno financeiro ao cliente, como é o caso de uma reforma para valorizar um imóvel. José Corrêa destaca que a orientação para quem for solicitar um empréstimo é, primeiro, analisar a sua vida financeira. Hoje 40% dos empréstimos são para aposentados.

  • Quinta-Feira, 15/02/2018

    Prefeitura está recebendo inscrições para processo seletivo de estagiários

    Está aberto o período de inscrições para os interessados em participar do processo seletivo de estagiários para a Prefeitura de Passo Fundo. As vagas são para cadastro reversa nas áreas de Licenciatura, Pedagogia e Serviço Social. As inscrições seguem até o dia 27 de fevereiro e devem ser feitas no site do CIEE (www.cieers.org.br). A prova de seleção será no dia 4 de março, na escola ENAV, a partir das 9h. Existe a previsão de chamada de candidatos aprovados, para turnos de 15 e 30 horas semanais, ainda no mês de março. Podem se candidatar estudantes regularmente matriculados e com frequência regular em instituições de ensino superior. A idade mínima para participação é 16 anos e os candidatos serão classificados pelo somatório dos pontos em suas provas. Não podem participar do processo seletivo os interessados que já tenham realizado estágio pelo período de 24 meses no município de Passo Fundo, ou que estejam cursando o último semestre do curso superior. Mais informações podem ser obtidas no site do CIEE-RS (www.cieers.org.br), onde consta o edital, lista de documentos necessários e a ficha de inscrição para preenchimento

     

    Vagas disponíveis

    - Pedagogia e Licenciaturas: 40 vagas para estágios de 30 horas e 37 vagas para estágios de 15 horas. Licenciaturas: Música, Letras, Matemática, Geografia, Filosofia, História, Ciências Biológicas, Artes Visuais, Física, Química, Educação Física, Artes, Pedagogia, Licenciaturas em geral.

     

    - Serviço Social: 3 vagas para estágios de 30 horas e 2 vagas para estágios de 15 horas

     

    Informações importantes

    Inscrições: até 27 de fevereiro de 2018

    Prova: 4 de março de 2018

    Horário: 9h

    Tempo de duração: 3 horas

    Local: escola ENAV

  • Quarta-Feira, 14/02/2018

    AULAS NA REDE MUNICIPAL COMEÇAM AMANHÃ E ESTADUAL A PARTIR DO DIA 19

    Amanhã, quinta-feira  inicia o período das aulas dos estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental da rede municipal. Hoje (14) os professores vão se reunir para tratar de questões administrativas e pedagógicas necessárias para o começo de atividades. São 35 escolas infantis (creches) e 35 de ensino fundamental. Juntas totalizam 14 mil alunos. Para as escolas municipais o ano letivo vai até o dia 20 de dezembro. Nesse ano a novidade é que o calendário escolar será unificado. As escolas terão as mesmas datas para início e término das aulas, período de recesso, encontros de formação de docentes, feriados e pontos facultativos. Já a maioria dos alunos da rede estadual retornam às escolas no dia 19 de fevereiro. Das 39 escolas estaduais, sete atrasarão o início das aulas para entre 22 e 26 de fevereiro, devido ao transporte municipal. Todas comunicaram as datas aos pais. Vinte e uma escolas de Passo Fundo recém encerraram o ano letivo de 2017. Elas tiveram que recuperaras aulas em razão da greve dos professores do ano passado. Dessas, 19 terminaram em janeiro e duas (Adelino Pereira Simões e EENAV) em fevereiro. As escolas da rede privada também retornam com as atividades no dia 19 de fevereiro.

Pesquisar artigos anteriores

As leis precisam ser mais rigorosas para acabar com acidentes trágicos, muitas vezes provocados por motoristas bêbados?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas