Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Educação

Publicada em: 08/03/2018 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Secretário estadual da Educação afirma: Estado quer concentrar recursos em menos escolas para dar mais qualidade de ensino

Rádio Uirapuru

O secretário estadual da Educação, Ronald Krummenauer esteve ontem (7) em Passo Fundo para a formação de diretores da região. A atividade foi promovida pelas coordenadorias regionais de educação de Passo Fundo, Erechim e Soledade, na Faculdade Anhanguera. O secretário palestrou para mais de 250 educadores sobre novas tecnologias e o papel da educação e dos professores.

 

A Uirapuru aproveitou a oportunidade para questionar o secretário sobre o fechamento da Escola Estadual de Ensino Fundamental Passo Fundo – Escola Aberta, bem como de turnos e turmas em escolas da cidade. A Anna Luisa Ferrão Teixeira teve o turno da noite cancelado e instituições como Adelino Pereira Simões, Alberto Pasqualini, Maria Dolores Freitas Barros e Instituto Cardeal Arcoverde tiveram turmas fechadas.

 

O secretário Krummenauer explicou que há 15 anos o Estado tinha cerca de 1,5 milhão de alunos e hoje são menos de 920 mil, por isso a necessidade de reduzir turmas e escolas. Muitas instituições de ensino que encerraram as atividades tinham capacidade maior do que o número de matrículas e ficavam próximas a outras.

 

Em relação a Escola Aberta, o secretário da Educação disse que os 13 alunos que estudavam no local não eram daquela região e foram remanejados para outras instituições de ensino. Foi feita uma negociação e o prédio pode ser utilizado para outro fim social.

 

Krummenauer destacou ainda que quando o conceito de “escola aberta” foi criado, na década de 90, não existiam projetos e programas sociais de outras secretarias ou do governo Federal, agora existem. Por isso, pedagogicamente foi entendido que era melhor repassar os alunos para uma escola regular e terminar com o conceito “escola aberta”.

 

O secretário Ronald Krummenauer ressaltou que acha ruim fechar escolas, mas não pode ignorar o fato de que o Estado tem poucos alunos em relação ao passado e nem deixar de lado o bom uso do recurso público. Afirmou que a intenção é concentrar mais recursos públicos em menos escolas e melhorar a qualidade de ensino, com ganho a médio e longo prazos.

 

Os núcleos dos CPERS de Passo Fundo e de Carazinho aproveitaram a vinda do secretário Krummenauer para lhe entregar uma carta com reivindicações. O coordenador da entidade em Passo Fundo, Orlando Marcelino, falou à Uirapuru que, além da questão salarial, a categoria denuncia a situação da Escola Pública do Rio Grande do Sul frente ao processo de fechamento de unidade escolares, de turnos e de turmas e a municipalização.

 

Também destacou a falta de professores, de funcionários e de verbas que têm levado à desvalorização da classe. Frisou que os educadores já estão desmotivados, o ambiente e as condições estão péssimos e, agora com o encerramento de turmas, a educação no Estado fica desleixada.

Imagens Relacionadas

Clique nas imagens para ampliá-las.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

O clima de incertezas que vive o país pode interferir no interesse do torcedor brasileiro na Copa do Mundo?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas