Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Geral

Publicada em: 26/12/2017 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Festa de fim de ano: alegria para alguns, melancolia e sofrimento para outros

Rádio Uirapuru
Créditos: Divulgação
Festa de fim de ano: alegria para alguns, melancolia e sofrimento para outros

Com a chegada do fim de ano, a época é de encontrar a família, confraternizar com os amigos e festejar. Mas, para alguns, encarar tudo isso desencadeia um sentimento de desconforto, ansiedade e pode gerar quadros depressivos, ao que se chama popularmente de “depressão de final de ano”.

 

Nesse período surgem avaliações e caso a pessoa não tenha atendido seus propósitos, as cobranças e exigências tornam-se mais evidentes. Também, encarar a família e perceber que faltam alguns integrantes, que já partiram deste mundo ou moram muito longe, por exemplo, pode desencadear um fenômeno contrário à imagem que se tem das pessoas nessa época.

 

Conforme o psiquiatra Érico Hecktheuer, com frequência nesta época do ano as pessoas ficam mais emotivas, sensíveis, algumas até nostálgicas. Ressalta que as pessoas que tiveram um ano difícil, de mudanças e perdas, poderão apresentar mais sintomas nesta época.

 

Explica que elas realizam um balanço afetivo entre o desejado e o realizado, as ilusões e desilusões deste período, as conquistas e os fracassos na vida afetiva, familiar e profissional. Se este balanço fechar no vermelho, ou seja, mais frustrações do que realizações, aumenta a chance de adoecer.

 

Entretanto, ressalta que assim como o Natal e a virada do ano passam, os sintomas da depressão de final de ano também devem passar. Mas alerta, se o sofrimento apresentado for intenso e duradouro, mais do que duas semanas, poderá ser necessária a intervenção de um profissional para avaliar a situação, compreendendo os desencadeantes deste quadro, objetivando resolver os assuntos pendentes ao longo do ano e assim proporcionar um resgate desta tristeza ou depressão.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Repórter do Povo

com JG e Ieda Almeida

Terça-Feira

das 08:10 às 10:45

ouça ao vivo



Você acredita que lei mais rigorosa para motorista bêbado que matar no trânsito vai reduzir a violência?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas