Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Polícia

Publicada em: 12/01/2018 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Preso por furto de energia, motorista de Camaro que atropelou e matou passo-fundense em Florianópolis é liberado

Rádio Uirapuru

Foi liberado nesta sexta-feira (12), Jeferson Bueno, envolvido no atropelamento de três pessoas em 2017 na praia de Ingleses, que havia sido preso ontem (11), com outras duas pessoas, por envolvimento em furto de energia elétrica em Araricá, no Vale do Sinos.

 

Na decisão, o juiz Ricardo Petry Andrade afirma que não existem indicativos de que, em liberdade, os três vão cometer novos delitos ou alterar a ordem pública.

 

Segundo a Polícia Civil, Bueno é o administrador da metalúrgica, onde foram encontradas ligações clandestinas.


A polícia descobriu o crime a partir de uma informação passada por funcionários de uma companhia de energia elétrica sobre constantes ameaças ao tentar fiscalizar a metalúrgica. A última fiscalização foi acompanhada por policiais à paisana, que flagraram um homem tentando intimidar a equipe de técnicos.

 

A polícia fez a abordagem e encaminhou os envolvidos à Delegacia de Polícia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio de Serviços Delegados (DRCP) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), em Porto Alegre.


Relembre o caso do atropelamento


Na madrugada do dia 1º de Janeiro por volta das 3 horas da madrugada, o veículo Chevrolet Camaro preto com placas de Sapiranga (RS), invadiu a calçada em frente à loja RMS Auto Som, na rodovia Armando Cali Bulos e atropelou o casal passo-fundense Cristiane Flores Gonçalves 31 anos, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito e seu marido Nilandre Lodi, que teve as duas pernas amputadas. Também o Gean Matos, 22 anos, amigo do casal, teve traumatismo craniano e lesão em um dos pulmões. O motorista fugiu do local sem prestar socorro e teria deixado a capital Catarinense poucas horas após o acidente.


Denunciado à Justiça por homicídio doloso triplamente qualificado, responde o processo em liberdade.


Ele se apresentou em abril, após o mandado de prisão ser suspenso pela Justiça catarinense. Ele pagou fiança de R$ 70.275, e a Justiça impôs a ele outras restrições: comparecimento mensal no juízo em que reside para informar e justificar suas atividades, proibição de se ausentar da Comarca em que reside por prazo superior a oito dias sem anuência do juiz, suspensão do direito da permissão ou da habilitação para dirigir veículo automotor pelo prazo de dois anos e comparecimento ao Cartório da Capital para citação pessoal, ciência das condições impostas e entrega de sua CNH. 

 

*Rádio Gaúcha

 

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Comando da Madrugada

com Caroline Secchi

Segunda-Feira

das 00:00 às 06:00

ouça ao vivo

Você coloca lixo no lugar certo?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas