Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Polícia

Publicada em: 14/05/2018 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Mulher confessa ter matado o namorado em Passo Fundo

Nenhum dos dois possuía antecedentes

Rádio Uirapuru
Créditos: Rádio Uirapuru
Mulher confessa ter matado o namorado em Passo Fundo

Os agentes da Delegacia Especializada em Homicídios e Desaparecidos da Polícia Civil, coordenados pela Delegada Daniela de Oliveira Minetto e pelo chefe de investigações Comissário Volmar Menegon, desvendaram a autoria da 8ª morte violenta registrada este ano em Passo Fundo. O crime ocorreu na noite do último sábado (12), na Rua Eduardo de Britto na Vila Annes.

 

Naquela ocasião, o Rodrigo de Moraes Belloni, de 27 anos, foi atingido por um golpe de faca no pescoço. Ele chegou a ser socorrido por populares ao Hospital da Cidade, porém não resistiu a gravidade do ferimento e faleceu.

 

Na tarde de domingo (13), um advogado entrou em contato com a Polícia Civil e informou que sua cliente confessou o crime e queria se apresentar. Trata-se da namorada da vítima, identificada como Ayheza Fontoura de Baldo e Carneiro, de 25 anos.

 

Em depoimento na Delegacia, a jovem relatou que mantinha um relacionamento há cinco anos com a vítima, porém sempre foi muito conturbado. No sábado a tarde eles tinham ingerido bebidas alcoólicas durante o jogo do Grêmio e a caminho de casa iniciaram uma briga, onde ela precisou chamar a Brigada Militar. Uma viatura compareceu ao local e abordou Rodrigo em via pública, mas depois ele foi liberado.

 

Com isso, Rodrigo entrou no apartamento e novamente agrediu Ayheza, que para se defender utilizou uma faca e desferiu um golpe. Após, os dois desceram em via pública e ela afirma que pediu socorro para populares, que colocaram Rodrigo na caçamba de uma caminhonete e levaram ao Hospital.

 

Depois de prestar os depoimentos, a assassina confessa foi liberada. Os policiais seguem as investigações e nos próximos dias a Delegada Daniela deverá concluir o inquérito policial.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Você costuma procurar emergência hospitalar quando tem problema de saúde repentino?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas