Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Saúde

Publicada em: 09/01/2018 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Embolização de Miomas Uterinos: uma opção de tratamento minimamente invasivo

Rádio Uirapuru
Créditos: Ascom/HSVP
Embolização de Miomas Uterinos: uma opção de tratamento minimamente invasivo
Dr. Guilherme Gomes especialista em Radiologia Intervencionista e Cirurgia endovascular

Miomas uterinos, também conhecidos como fibromiomas e leiomiomas, são tumores benignos que nascem na parede do útero. Cerca de 20 a 40% das mulheres em idade reprodutiva (15 a 45 anos) são portadoras de miomas. O Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, desde 2014 é referência na Embolização de Miomas Uterinos, procedimento realizado pelo médico Dr.Guilherme Gomes, especialista em Radiologia Intervencionista e Cirurgia endovascular.

 

Conforme Gomes, os sintomas dos miomas variam conforme a localização e tamanho. Menstruações mais prolongadas e intensas, muitas vezes levando a anemia; dor na região pélvica e/ou na região lombar, dor durante as relações sexuais; sensação de peso e aumento de volume do abdomen; constipação, dificuldade ou necessidade frequente de urinar; dificuldade em engravidar e abortos de repetição são alguns deles. “De acordo com a sua localização, os miomas podem ser classificados em intra-murais, os mais frequentes, que se desenvolvem inteiramente dentro da parede uterina; sub-mucosos, que são os menos frequentes, desenvolvem-se na superfície interna da parede para o interior da cavidade endometrial; e sub-serosos que se desenvolvem na porção externa da parede do útero e crescem para fora”, explica o especialista.

 

diagnóstico dos miomas é confirmado pela ultrassonografia (ecografia) abdominal ou transvaginal, entretanto, a Ressonância Magnética é o melhor exame para a detecção dos miomas, pois, fornece informações mais detalhadas sobre a natureza do mioma, sua vascularização e a relação deste com as demais estruturas pélvicas. “No tratamento dos miomas, os medicamentos são muitas vezes o primeiro passo, incluindo pílulas hormonais e anti-inflamatórios. O maior efeito destas medicações, contudo, pode ser apenas temporário. Caso não melhore os sintomas e redução do tamanho dos miomas, as terapêuticas cirúrgicas eram tradicionalmente realizadas com a miomectomia e a histerectomia, retirada completa do útero”, enaltece Gomes.

 

Tratamento rápido, menos doloroso e eficaz

 

 

A Embolização de Mioma Uterino é um tratamento moderno com excelentes resultados para o tratamento de miomas uterinos, amplamente realizado em países desenvolvidos desde 1995. Segundo Gomes, o procedimento consiste em uma técnica minimamente invasiva, com menos riscos que as técnicas cirúrgicas, cujo objetivo é interromper a circulação sanguínea que irriga os miomas, resolvendo o problema de forma rápida e duradoura e preservando o útero. Sem a chegada do sangue, o mioma atrofia, reduzindo de tamanho e desaparecendo assim, os sintomas. “Por não necessitar de cortes este tratamento não deixa cicatrizes, necessita de apenas um dia de internação. A paciente submetida a este tratamento já pode voltar rapidamente a suas atividades profissionais. O procedimento dura geralmente cerca de 60 minutos. Completada a embolização, efetua-se compressão manual da virilha durante cerca de 10 minutos, onde, ficará também um pequeno curativo compressivo que permanecerá até a manhã do dia seguinte. Em geral a paciente já poderá ir para casa no dia seguinte do procedimento”, informa o cirurgião, pontuando ainda que, o controle da redução dos tamanhos dos miomas é realizado por meio de uma Ressonância Magnética, realizada após seis meses da embolização. “Cerca de 95% das mulheres tratadas tiveram melhora e/ou resolução total da hemorragia, dor e outros sintomas. Estes resultados foram também muito efetivos para o tratamento de miomas múltiplos”.

 

A Embolização também pode ser realizada para tratamento de adenomiose, com resolução de sintomas em até 90% dos pacientes tratados e em casos selecionados, de tumores avançados do útero, visando reduzir os sintomas, tamanho e avanço do tumor.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Comando da Madrugada

com Caroline Secchi

Terça-Feira

das 00:00 às 06:00

ouça ao vivo



Você acha que a família e a escola agem com responsabilidade quando o assunto é alimentação das crianças?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas