Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Saúde

Publicada em: 22/01/2018 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Passo Fundo amplia atendimento para vacinação da febre amarela

Rádio Uirapuru
Créditos: Fabíola Hauch
Passo Fundo amplia atendimento para vacinação da febre amarela

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Passo Fundo, seguindo orientações do Ministério da Saúde, amplia a distribuição da vacina da febre amarela a partir da próxima quarta-feira (24). O objetivo é dar cobertura entre a faixa etária de nove meses a 59 anos de idade. A vacina será disponibilizada, além da Central de Vacinas, nos Centros de Atenção Integral à Saúde (Cais) dos bairros São Cristóvão, Hípica, Petrópolis, Boqueirão e Luíza e na Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Zachia, que irão oferecer as doses da vacina em dias alternados. Nesta nova recomendação, também é importante destacar que quem já recebeu a vacina não precisa repetir a dose.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do município, Raquel Schwaab da Silva Carneiro, a medida não é uma campanha, apenas busca a prevenção da doença. “Muitas pessoas que irão viajar procuram a vacina, o que está causando filas no atendimento da Central de Vacinas e dificultando que as crianças tenham acesso à rotina de vacinação, principalmente aquelas a partir de 9 meses que já podem ser imunizadas contra a febre amarela. Com a descentralização, queremos resolver esta questão e aumentar a cobertura”, afirma Raquel.

Ainda segundo Raquel, mesmo que não seja uma situação de alerta, é preciso atenção. “A princípio, consideramos que as crianças estejam imunizadas a partir dos nove meses. Porém, muitas delas não estão, seja pelo atraso de vacinas ou porque a mãe resolveu esperar para fazer a imunização da febre amarela e não fez”. Ela ainda lembra que a orientação do Ministério é de que pessoas até 59 anos, que não receberam a vacina em nenhum momento, também devem fazer a imunização. Entretanto, é dada atenção especial para aquelas que irão viajar para áreas de risco ou exterior.

O Rio Grande do Sul passa a ser uma das áreas com recomendação para vacinação da febre amarela com a atualização feita pelo Ministério da Saúde. A medida se deu após a expansão de circulação do vírus amarílico registrada no período de monitoramento entre 2016 e 2017, e após análise do cenário epidemiológico pós-surto da doença, cenário que identificou a necessidade de ampliação da cobertura em outras regiões do país.

Quem deve fazer a vacina?
Conforme o Ministério da Saúde, pessoas entre 9 meses e 59 anos de idade. A prioridade é para a rotina básica do calendário vacinal, que prevê que as mães devem levar seus filhos a partir de nove meses para fazer a vacina. Quem vai se deslocar para áreas de risco ou fazer uma viagem internacional também deve fazer a vacina com 10 dias de antecedência.

O que precisa levar?
Quem precisa fazer a vacina deve levar a carteira de vacinação e o cartão SUS para receber atendimento. Os documentos possibilitam que as informações sejam cadastradas no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

Quem não deve fazer a vacina?
- mulheres em qualquer fase da gestação;
- mulheres amamentando bebês com idade abaixo de seis meses;
- bebês com idade abaixo de 9 meses;
- pessoas com 60 anos ou mais (somente com avaliação médica);
- pessoas com alergia ao ovo;
- pessoas em tratamento de radioterapia/ quimioterapia;
- pessoas que fazem tratamento com corticoides;
- pessoas submetidas a tratamento com imunossupressores;
- pessoas portadoras de doenças autoimunes;
- pessoas portadores de doenças hepáticas, hematológicas, renais e neoplásicas;
- pessoas portadores de HIV/AIDS (somente com avaliação médica);
- pessoas que já tomaram a vacina anteriormente.

Onde fazer?
A Central de Vacina atende de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h, para realizar a vacina da febre amarela. Os Cais e a ESF atenderão no mesmo horário, mas em dias alternados. Confira:

Central de Vacinas
Horário: das 9h às 12h
Dias da semana: de segunda a sexta-feira

Cais
Horário: das 9h às 12h
Segunda-feira: Cais São Cristóvão
Terça-feira: Cais Hípica
Quarta-feira: Cais Petrópolis
Quinta-feira: Cais Boqueirão
Sexta-feira: Cais Luiza e ESF Zachia
*o início do atendimento será no dia 24, por isso, nesta semana o atendimento inicia pelo Cais Petrópolis.

Endereços
Central de Vacinas
Endereço: Rua Uruguai, 667 – Centro
Telefone: (54) 3311-6494

Cais São Cristóvão
Endereço: Avenida Scarpelini Ghezzi, 55 – Lucas Araújo
Telefone: (54) 3335-1949

Cais Hípica
Endereço: Rua Travessa Osvaldo Motta Fortes, 30 – Hípica
Telefone: (54) 3313-9018

Cais Petrópolis
Endereço: Avenida Brasil, 1580 – Petrópolis
Telefone: Fone: (54) 3327-2829

Cais Boqueirão
Endereço: Rua Coronel Pitanga, 11 – Edmundo Trein
Telefone: (54) 3314-3060

Cais Luiza
Endereço: Rua Gervásio Annes, 303 – Vila Luiza
Telefone: (54) 3315-1039

ESF Zachia
Endereço: Rua Argemiro Ferreira, 90 – José Alexandre Zachia
Telefone: (54) 3581-1953

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Repórter do Povo

com JG e Ieda Almeida

Terça-Feira

das 08:10 às 10:45

ouça ao vivo



As leis precisam ser mais rigorosas para acabar com acidentes trágicos, muitas vezes provocados por motoristas bêbados?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas