Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Saúde

Publicada em: 10/08/2018 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Em Passo Fundo, presidente do SINDISAÚDE alerta para desmonte do SUS e fechamento dos hospitais

Rádio Uirapuru
Créditos: Divulgação
Em Passo Fundo, presidente do SINDISAÚDE alerta para desmonte do SUS e fechamento dos hospitais

Em meio ao congelamento de verbas na saúde por 20 anos, ao atraso no repasse do Estado para os hospitais filantrópicos, reforma trabalhista e a eminência do fechamento de hospitais e consequentes demissões de funcionários, o SINDISAÚDE de Passo Fundo e Região realizou ontem (9) eleições para sua diretoria.

 

Em entrevista na Uirapuru, o presidente da Federação dos Trabalhadores da Saúde do Rio Grande do Sul, Milton Kampfer, alertou sobre o desmonte do SUS, principal forma de acesso à saúde pela população. Lembrou que com a crise muitos que estavam com planos privados migraram para o SUS, mas o sistema só teve redução de verbas.

 

Milton citou o fechamento de hospitais e o risco que ronda à região, destacando casos de Lagoa Vermelha e Soledade, ameaçados pelos cortes. Lembrou que as reduções de leitos acabam sobrecarregando os grandes centros de saúde como Passo Fundo. Milton explicou que isso somente será evitado com o aumento das verbas para o setor.

 

Categoria aprova em mais de 98% a nova diretoria do SINDISAÚDE de Passo Fundo e região

 

Com uma aprovação de 98,19%, a renovação em 70% da Diretoria do SINDISAÚDE de Passo Fundo foi amplamente aprovada pela categoria. Maria Tedesco, funcionária do Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo, passa a responder pela presidência da entidade. Ela e outros 36 trabalhadores da saúde de nove cidades estarão à frente da entidade até 2022, representando cerca de 4 mil profissionais.

 

Tendo como principal bandeira a manutenção dos benefícios já conquistados pelos trabalhadores em contraposição à reforma trabalhista do governo Temer, a nova direção segue linhas de luta firmados na gestão de Terezinha Perissinotto, que agora assume a Diretoria de Finanças.

 

Junto com pontos específicos da categoria como a luta pelo adequado dimensionamento de pessoal nos setores, aumento real de salário e redução de jornada para 36 horas para trabalhadores que fizerem plantões, o combate ao congelamento de investimentos na saúde se estende a população como um todo. Combate ao assédio moral nos hospitais e busca de locais adequados ao descanso dos profissionais também continuam sendo outros objetivos do sindicato.

 

Encerrada por volta de 21 horas, a contagem de votos foi o coroamento de um dia de muito trabalho. Com o apoio de diretores dos SINDISAÚDES de Santa Rosa, Erechin, Santiago, Cruz Alta e Pelotas, e dos sindicatos de máquinas agrícolas de Passo Fundo, Construção Civil da Lagoa Vermelha, Alimentação de Marau e Serafina Correa e Trabalhadores Rurais de Sarandi, 14 cidades foram alcançadas pelas urnas.

 

A Comissão eleitoral foi composta pelo presidente da Federação dos Trabalhadores da Saúde do RS (FEESSERS), Milton Kempfer, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Máquinas Agrícolas de Passo Fundo, Alcidir de Andrade, e a professora ‎Alda Dall Agnol.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Comando da Madrugada

com Caroline Secchi

Segunda-Feira

das 00:00 às 06:00

ouça ao vivo

Você costuma procurar emergência hospitalar quando tem problema de saúde repentino?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas