Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Segurança

Publicada em: 26/02/2018 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Ouvintes apoiam intervenção federal no RJ, mas acreditam que só será efetiva com investimentos em outras áreas

Rádio Uirapuru

Nos últimos tempos, o crime organizado tomou conta do Rio de Janeiro, com bairros inteiros sitiados, escolas sob a mira de fuzis e avenidas transformadas em trincheiras. Para conter a violência foi necessária uma medida extrema: intervenção federal na área da segurança. Ela está em vigor desde o dia 16 de fevereiro e deve permanecer até o fim de 2018.

 

Mas a medida é necessária ou exagero? A pergunta foi tema do programa Sem Segredo do último sábado (24). Participaram do debate o vereador, Marcio Patussi, o criminalista e professor da IMED, Gabriel Ferreira dos Santos e, por telefone, procurador do Estado, Rodinei Candeia.

 

A maioria dos ouvintes apoia a decisão, acredita que neste momento somente as Forças Armadas vão conseguir deter os bandidos. Mas muitos acreditam que não será suficiente, sendo necessários investimentos em outras áreas, como educação e saúde.

 

O vereador Márcio Patussi acredita que no caso do Rio de Janeiro é necessária uma intervenção por parte do governo federal. Ressaltou que a ação trará repercussão em outros estados, citando que muitos já estão com medidas de proteção. Ainda, vai acabar com a disseminação de facções criminosas para outras partes do país.

 

Destacou que muitas formas de combater a violência foram tentadas no estado carioca, como a instalação das Unidades de Polícia Pacificadora, mas não tiveram suporte.

 

O professor Gabriel Ferreira dos Santos explicou que a intervenção federal vem para trazer legitimidade ao alto comando da segurança pública, que não estava conseguindo reduzir a violência. Ressaltou que é preciso efetividade nas ações, pois outras intervenções já foram realizadas no Rio, como em 1994, 2010, 2014, 2017, e o cenário não mudou.

 

Para o procurador do Estado, Rodinei Candeia, o governo demorou para tomar a decisão. Mas explicou que não foi uma decisão de agora, vinha sendo preparada tanto na legislação quanto no serviço de inteligência. Acredita que outros estados também podem receber tal medida, se os governos não tiverem competência caberá a União intervir.

 

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Repercussão

com Claudionor Ramos

Segunda-Feira

das 17:00 às 17:55

ouça ao vivo

O clima de incertezas que vive o país pode interferir no interesse do torcedor brasileiro na Copa do Mundo?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas